Consórcio ou Poupança? Veja qual a melhor alternativa!

consorcio“Qual a melhor forma de investimento? Consórcio ou poupança?” Essa foi a dúvida enviada pela leitora Simone Araújo. Vamos ver alguns conceitos que vão ajudar a encontrar a melhor alternativa.

Leia mais…

Botão - Lista VIP 02

 

Anúncios

6 respostas em “Consórcio ou Poupança? Veja qual a melhor alternativa!

  1. Você escreveu esse artigo e acredito que não tenha feito a pesquisa necessária, e nem os comparativos para embasá-la como deveria.
    Primeiramente o valor de rendimento da poupança que é de 0,5% é aplicado ao valor que consta em conta, e não ao total que se acumulará ao decorrer dos anos.
    Segundo que a carta de consórcio contemplada rende 14,% ao ano. sendo que a poupança rende 5%

    • Olá Luiz Gustavo, seja bem vindo ao blog e obrigado pela contribuição.

      Veja que nesse artigo não falo sobre rendimento de carta contemplada, nem do rendimento da poupança. Apenas um comparativo com o prazo de 72 meses com o valor poupado mensalmente.

      O rendimento da carta contemplada também não é um rendimento fixo, não podendo afirmar que ela renderá 14% ao ano em qualquer situação econômica. E ainda dependerá do fator de estar com a carta contemplada, o que pode acontecer no início, meio ou fim do consórcio contratado.

      Não estou dizendo que o consórcio não é uma alternativa, mas sim que se tem opções melhores caso possa esperar o tempo necessário.

      Abraço e sucesso!

      Fulgêncio Bomtempo

  2. Realmente o cara quis escrever um artigo sem ter o mínimo conhecimento sobre consórcios. A CARTA CONTEMPADA, rende sobre o seu valor de face 13 à 14% ao ano. Se ele de um lance e tirar essa carta no começo da vigẽncia ele receberá o valor de R$ 44.890,00 corrigido em 13 à 14% ao ano, conforme disse antes. Isso daria valores superiores a R$ 120.000,00 na hora do resgate. Enquanto a poupança, menos da metade. O que não vale a pena é adquirir um consórcio sem ter capital para dar um lance e tirar ele, pois a cada mês que passa são lucros que deixam de ser auferidos pela carta estar “congelada”, SEM ESTAR CONTEMPLADA, NÃO RENDEM JUROS.

    • Olá Víctor Carrion! Seja bem vindo ao blog e obrigado pela contribuição!

      Fico feliz que tenha complementado o seu raciocínio no fim do comentário. “SEM ESTAR CONTEMPLADA, NÃO RENDEM JUROS.”

      Veja que no artigo eu não falo de carta contemplada antes do prazo de 72 meses. Ou de carta contemplada e não usada.

      O comparativo é de uma pessoa que deseja usar a carta de crédito para adquirir o bem assim que for contemplado. E estou comparando com uma situação em que se pode esperar os 72 meses com o dinheiro aplicado, no mínimo, na Caderneta de Poupança.

      Abraço e sucesso!

      Fulgêncio Bomtempo

  3. Pingback: Não faça consórcio! Pare de perder dinheiro | Bomtempo Finanças Pessoais

  4. Pingback: Não faça consórcio! Pare de perder dinheiro – Bomtempo Finanças Pessoais

Vamos falar sobre dinheiro? Deixe um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s